Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


LINDÓIA DO SUL DECRETA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA EM DECORRÊNCIA DA ESTIAGEM

Publicado em 29/12/2021 às 14:23 - Atualizado em 29/12/2021 às 14:23

Falta de água afeta o meio rural e urbano

O  prefeito de Lindóia do Sul, Neudi Angelo Bertol, decretou hoje, dia 29,  Situação de Emergência em decorrência da estiagem que afeta o Município. A decisão ocorreu após a Administração Municipal se reunir com a Defesa Civil local para apurar impactos e as perdas pela  falta de chuva na área rural e urbana.

A coordenadora da Defesa Civil municipal, Marines Ribeiro Perondi, confirma que as perdas agropecuárias, principalmente das lavouras de milho e pastagens, na bovinocultura de leite e na piscicultura são elevadas. O Município está realizando o transporte de água em volume expressivo, muito além da quantidade de cargas nas secas anteriores, para animais e para consumo humano, em razão de os sistemas de captação superficiais terem se exaurido  e há casos de poços profundos terem secado, agravando ainda mais a situação.

A situação na área urbana não é diferente que no interior. O Lajeado Joanino, principal fonte de captação da Casan para abastecimento urbano, está com volume abaixo do normal, forçando a companhia captar a metade da quantidade necessária. Dessa forma, a captação do poço profundo aumentou e se persistir o quadro de falta de chuva o poço não terá vazão suficiente para abastecer toda a cidade.  A orientação é que população economize para não haver rodízio de abastecimento ou até mesmo falta de água.